Ginecologia

A palavra ginecologia significa ciência ou conhecimento da mulher e é uma especialidade da medicina que estuda tudo que se relaciona às patologias e às circunstâncias médicas próprias da mulher (gravidez, problemas hormonais, câncer de mama, técnicas de reprodução, atendimento à gestante, exames periódicos, incontinência, atenção ao parto, etc.).

A ginecologia é a prática da medicina que lida diretamente com a saúde do aparelho reprodutor feminino (vagina, útero e ovários) e mamas. Seu significado literal é “a ciência da mulher”. É paralela à andrologia, que lida especificamente com questões ligadas ao aparelho reprodutor masculino. Quase todos ginecologistas atuais são também obstetras.

A palavra “ginecologia” vem do grego γυνή gyne “mulher” e –logia “estudo”.

Ramos da ginecologia

A ginecologia é uma das áreas da medicina da qual possui vários ramos.

A obstetrícia é um campo específico que cuida do parto, dando total apoio à mulher e ao bebê para que estejam em ótimas condições de saúde (este procedimento é conhecido como pré-natal). O ginecologista também cuida das possíveis patologias relacionadas à gravidez (como a ultrassonografia do feto para acompanhar o seu desenvolvimento). A cirurgia é também outro ramo específico. Devemos saber que o parto é uma intervenção com riscos e podem surgir complicações, como mostra o caso das cesáreas.

Um dos aspectos mais importantes desta disciplina é a assessoria do ginecologista em relação a três temas muito importantes para a sociedade: a saúde da mulher, os métodos contraceptivos e as doenças sexualmente transmissíveis.

O ginecologista precisa estar em contato com outros profissionais da medicina, tais como: o cirurgião, o clínico, o radiologista e o urologista.

Os principais problemas tratados com um ginecologista

Cancro dos órgãos reprodutivos incluindo ovários, tuba uterina, útero, vagina e vulva
Incontinência urinária
Amenorreia (ausência dos períodos menstruais)
Dismenorreia (períodos menstruais dolorosos – cólicas)
Infertilidade
Menorragia
Prolapso dos órgãos pélvicos
Vaginites
Lesões precursoras do câncer de colo uterino (HPV)
Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST)
Orientação e prescrição de métodos contraceptivos

Exames ginecológicos

Os especialistas neste ramo da medicina recomendam fazer o primeiro exame ginecológico a partir do início da vida sexual ativa ou quando se inicia a menstruação. O ideal seria se os exames fossem periódicos e todos os anos, independentemente da idade da mulher.

Normalmente qualquer exame ginecológico inclui um histórico clínico, exame abdominal, pélvico e das mamas, assim como uma citologia para controlar a produção celular e testes para prevenir o câncer de colo de útero (o Papanicolau).

Do ponto de vista psicológico, algumas mulheres rejeitam a avaliação por medo de dor física ou pudor, uma vez que ao tocar em seus genitais ocorre uma sensação de invasão de sua intimidade. Os ginecologistas aconselham que não se deva ter medo porque o exame ginecológico é totalmente necessário para prevenir doenças e para a identificação precoce de alguns problemas (por exemplo, o câncer de mama).

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe está pronta pra te atender.
Olá.